• Pedro Ivo

O que são e por que utilizar óculos bloqueadores de luz azul


O que são


Óculos bloqueadores de luz azul impedem que uma faixa específica de frequência da luz atinja nossa retina, como o nome já aponta, esta faixa de frequência corresponde à luz azul.


Essa “luz azul” está muito presente nas telas de celulares e computadores, nas lâmpadas e em outros tipos de iluminação artificial.


Parte dessa faixa de luz (azul de alta frequência) pode causar danos à retina e outra parte (luz azul e parcela da verde) inibe a liberação de melatonina de noite, o que traz consequências negativas para o sono e para a saúde, já que a melatonina é um poderoso antioxidante e uma molécula com inúmeras atuações no corpo.


Desta forma, os óculos bloqueadores de luz azul podem nos proteger desses problemas que basicamente não existiam há algumas décadas atrás.


  • Características de um óculos bloqueador de luz azul


Os verdadeiros óculos bloqueadores de azul possuem lentes alaranjadas ou avermelhadas e servem para proteger os olhos e a qualidade do sono, ao preservarem a liberação de melatonina de noite.





Óculos de lentes transparentes ou com reflexos azulados NÃO são verdadeiros óculos bloqueadores de luz azul.




Este é o primeiro ponto que deve ficar claro, se você está buscando proteger seus olhos e melhorar o seu sono, óculos com filtro de luz azul NÃO funcionam. Esses óculos bloqueiam na verdade a luz VIOLETA e, quando muito, uma pequeníssima porção da luz azul de alta frequência.


Se você já pesquisou o assunto, já deve ter visto em propagandas, vídeos no youtube ou mesmo em óticas, a demonstração da "eficácia" dos óculos “bloqueadores de luz azul” com um feixe de luz “azul” e um cartão.





Esse teste é enganoso, a luz que está no laser / lanterna tem o pico de 405 nm, é VIOLETA, não é azul e o pior, essa luz quase não está presente nas telas e celulares.


A luz azul que tem o potencial de danificar a retina é de 430 à 450 nm, que é justamente o pico de frequência da luz das telas.





Conclusão: Esses óculos possuem zero eficácia para proteger os olhos dos danos da luz azul e para melhorar o sono.



Óculos com filtro de luz azul para cansaço ocular e dor de cabeça


Há indícios de que a luz azul dos computadores, celulares e das lâmpadas fluorescentes e LEDs possam causar fadiga ocular, dores de cabeça, olhos secos e danificar sua retina.


Por esta razão, hoje em dia é comum optometristas recomendarem óculos de lentes transparentes com um revestimento extra de filtragem de “luz azul”.


Mas a verdade é que as telas emitem pouco da frequência que esses óculos filtram e para esta finalidade a melhor opção são as lentes amareladas, que filtram uma parcela muito maior da luz azul, realmente protegendo os olhos.


O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Necessitamos do espectro completo da luz durante o dia. A luz azul no contexto natural não é prejudicial. O grande problema é a luz artificial de noite, em especial a luz azul (e parcela do verde). Sendo assim, a recomendação é se expor à claridade natural do dia e, caso trabalhe muito com o computador em ambientes com iluminação artificial, utilizar os óculos com lentes amareladas, para equilibrar o espectro, mas sempre que possível, fazer intervalos para se expor à claridade natural SEM os óculos amarelos e, claro, sem óculos escuros também.


Adicionalmente, dê uma caminhada ao ar livre e tente olhar o mais longe possível, para espaços amplos e para o horizonte, relaxando a visão focada e tensa especializada em objetos próximos. O excesso de visão de perto contribui para a miopia, assim como a falta de luz do sol.


ÓCULOS BLOQUEADORES DE LUZ AZUL (BLUE BLOCKERS)


A principal função deles é preservar a produção natural de melatonina - o que é de enorme importância, mas adicionalmente protegem a retina também do azul de alta frequência, assim como os de lentes amarelas.


Óculos bloqueadores de luz azul bloqueiam toda a faixa de luz azul, e parte ou toda a luz verde também. Possuem lentes laranjas ou até vermelhas.


Diferente dos óculos citados anteriormente, esta categoria é para ser usada após o sol se por.


Em toda a história humana, uma vez que o sol se pusesse, havia escuridão relativamente completa. Antes da invenção da lâmpada incandescente, havia apenas a luz da lua em alguns dias (a lua cheia provavelmente tem algum potencial de afetar o sono) ou do fogo, que se caracteriza por luminosidade branda e laranja / avermelhada.


Desse modo, assim que anoitecia a glândula pineal começava a secretar melatonina e o corpo começava a entrar em um modo de relaxamento e regeneração.


MELATONINA: O HORMÔNIO DO QUAL ESTAMOS NOS TORNANDO DEFICIENTES


A luz brilhante, especialmente na faixa azul e parte da verde, inibe a liberação de melatonina e sinaliza ao cérebro que é dia e devemos estar ativos. Não é difícil de perceber que a iluminação artificial de noite atrapalha o sono, e isso, a médio e longo prazo, é muito grave.


A melatonina talvez seja mais conhecida por parte da população como um suplemento usado para ajudar a dormir. Mas é um hormônio poderoso que nosso corpo produz naturalmente e faz muito, muito mais do que apenas ajudar a dormir.


A melatonina:


  • Harmoniza o ciclo sono-vigília: Ajuda a regular o nosso relógio biológico e a dormir mais profundamente e de forma mais restauradora. Ela prepara e adapta o corpo para os processos regeneradores do sono profundo.

  • Atua como um potente antioxidante: A melatonina e os seus metabólitos (compostos químicos derivados da melatonina) têm a capacidade de se ligar a espécies reativas de oxigênio e nitrogênio (ROS, RNS) e, ainda, estimular as enzimas antioxidantes das células que aumentam os níveis de outros importantes antioxidantes, como a glutationa.

  • Protege as mitocôndrias: As mitocôndrias são organelas celulares responsáveis pela produção de energia ou ATP. Existem dezenas, centenas ou até milhares de mitocôndrias em um única célula. No nível celular, as concentrações mais altas de melatonina estão no núcleo e na mitocôndria. As mitocôndrias também produzem alto nível de estresse oxidativo, e a melatonina protege sua integridade estrutural.

  • Melhora a imunidade: A melatonina é imunomoduladora, o que significa que ela melhora o sistema imunológico, esteja ele mais ou menos ativo. Tem a capacidade de reduzir a estimulação imunológica excessiva em condições inflamatórias e aumentar a função imunológica em pessoas imunocomprometidas.

  • Pode reduzir a pressão arterial.

  • Pode diminuir os hormônios do estresse.

  • Regula processos inflamatórios.

  • Nos protege de câncer, doenças cardíacas e diabetes.

  • Protege o cérebro (neuroproteção).

  • Nos protege de infecções virais.

  • Ajuda a equilibrar o apetite.

  • Auxilia na fertilidade e a ter uma gravidez saudável.

  • Regula o advento da puberdade - a inibição da melatonina está relacionada à puberdade precoce, especialmente nas meninas, algo que acontece cada vez mais e se relaciona ao uso generalizado da tecnologia cada vez mais cedo e luz artificial de noite.

  • Contribui para o ganho de massa muscular, através de uma melhor reparação de tecidos e ativação da síntese do fator de crescimento.


Mas o problema é que a iluminação artificial de hoje suprime a produção natural de melatonina, o que irá contribuir para inúmeros problemas.


Embora seja um desafio diminuir a luz artificial de noite, felizmente, temos diversas ferramentas para nos ajudar.


O óculos bloqueador de luz azul é a principal.


EVIDÊNCIA DE QUE OS ÓCULOS BLOQUADORES DE AZUL FUNCIONAM


Já existem dezenas de estudos mostrando a eficácia dos óculos bloqueadores de luz azul.


O que eles fazem é impedir que a luz azul (e verde) alcancem e retina e também amenizam a intensidade da luz como um todo. Assim sendo, podem neutralizar totalmente ou em grande parte os efeitos nocivos da luz artificial.


Em um estudo de 2018, os pesquisadores recrutaram estudantes universitários do primeiro ano com problemas de sono e deram a eles óculos bloqueadores azuis.


Os participantes que usaram óculos âmbar (lentes laranjas) tendiam a dormir mais e acordar menos à noite do que os participantes que não usaram.


E eles não apenas dormiram melhor, mas o humor também melhorou. E todos esses benefícios desapareceram quando os pesquisadores trocaram as lentes alaranjadas, bloqueadoras de azul, por outras lentes.


O óculos bloqueador de luz azul foi usado à noite por 3 horas antes da hora de dormir.


Em outro estudo de 2018, os pesquisadores analisaram pessoas que estavam fazendo treinamento de resistência (musculação) com exposição à luz artificial (azul) à noite. Um grupo recebeu óculos com lentes laranjas e o outro, de controle, lentes claras. Os participantes já tinham uma qualidade de sono de moderada a boa.


Em menos de nove dias de uso, o estudo conclui:


“Os resultados indicam que bloquear a luz de comprimento de onda curto (luz azul) à noite, em comparação com a exposição habitual à luz, reduziu significativamente a latência subjetiva do início do sono (tempo que você demora para “cair” no sono, depois de deitar), melhorou a qualidade do sono e aumentou o estado de alerta na manhã seguinte."


E em um estudo de 2009, um grupo usava óculos de cor amarela, enquanto outro usava óculos de bloqueio azul verdadeiro (laranja).


“No final do estudo, o grupo de lentes laranjas experimentou uma melhora significativa na qualidade do sono em relação ao grupo controle... O humor também melhorou significativamente em relação aos controles.”


Um estudo de 2018 testou se o uso dos óculos pode ajudar nos casos de insônia e concluiu:


“Usar lentes âmbar vs. claras por 2 horas antes de dormir por 1 semana melhorou o sono em indivíduos com sintomas de insônia. O tempo total de sono subjetivo médio, a qualidade geral e a solidez do sono foram significativamente maiores com o uso das lentes âmbar vs claras durante o período de intervenção de 7 dias. Esses achados têm relevância para a saúde devido ao amplo uso de dispositivos emissores de luz antes de dormir e à prevalência de insônia. As lentes âmbar representam uma intervenção terapêutica segura, acessível e de fácil implementação para sintomas de insônia.”


Existem muitos outros estudos relacionando a redução da luz azul artificial à noite e benefícios para a saúde. Nos acompanhe no Instagram e se inscreva no site que continuarei escrevendo e falando sobre o tema.


CONCLUSÃO


No mundo moderno, todos podem se beneficiar com o bloqueio da luz artificial à noite, já que essa frequência vibratória nunca existiu no período noturno e o nosso corpo está sintonizado com esse ciclo natural. Não há contraindicação.


Pessoas que ficam muito em ambientes com luz artificial e em frente às telas durante o dia podem se beneficiar com óculos que bloqueiam parcialmente a luz azul, de lentes amareladas.



Estudos citados:


Melanie Knufinke, Lennart Fittkau-Koch, Els I. S. Møst, Michiel A. J. Kompier

& Arne Nieuwenhuys (2019) Restricting short-wavelength light in the evening to improve sleep in recreational athletes – A pilot study, European Journal of Sport Science, 19:6, 728-735, DOI:10.1080/17461391.2018.1544278


Perez Algorta G, Van Meter A, Dubicka B, Jones S, Youngstrom E, Lobban F. Blue blocking glasses worn at night in first year higher education students with sleep complaints: a feasibility study. Pilot Feasibility Stud. 2018 Nov 1;4:166. doi: 10.1186/s40814-018-0360-y. PMID: 30410784; PMCID: PMC6211454.


Ari Shechter, Elijah Wookhyun Kim, Marie-Pierre St-Onge, Andrew J. Westwood,

Blocking nocturnal blue light for insomnia: A randomized controlled trial, Journal of Psychiatric Research, Volume 96, 2018, Pages 196-202, ISSN 0022-3956, https://doi.org/10.1016/j.jpsychires.2017.10.015






33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo